Porto Real
GRUPO AGRONELLI

Blog

Nossa ordenha é mecânica com rebanho único. O leite segue por tubulações de aço inoxidável diretamente da ordenha para o laticínio, onde a pasteurização, a homogeneização e o envase são realizados sem contato manual. Por isso, os lactobacilos são conservados, contribuindo para que o leite mantenha suas propriedades nutritivas. Saiba mais sobre os benefícios do leite.

1. Auxilia no crescimento
O leite é considerado uma das melhores fontes de cálcio para todas as faixas etárias. O cálcio é considerado o mineral mais importante para o crescimento saudável e para o bom funcionamento e a reconstituição dos ossos e do sistema esquelético. Por esta razão, sabe-se que ingerir leite pode prevenir a deficiência de cálcio que pode levar a doenças como a osteoporose.

2. Ajuda a controlar o humor e a depressão
O leite de vaca e seus derivados são comumente fortificados com vitamina D devido ao seu amplo consumo pela população. Níveis adequados de vitamina D dão suporte à produção de serotonina, um hormônio associado ao humor, ao apetite e ao sono. A deficiência de vitamina D pode ser associada à depressão, fadiga crônica e sintomas da TPM.

3. Contém proteínas e energia que ajudam na regeneração, no crescimento e no fortalecimento muscular
Tanto o leite materno quanto o leite de vaca são fontes ricas de proteínas de alta qualidade, que contêm todos os aminoácidos essenciais para o desenvolvimento muscular do filhote. O leite integral também é rico em gordura saturada, essencial para a regeneração da massa muscular.

A manutenção da saúde dos músculos é importante para manter um metabolismo adequado e contribui, inclusive, para a perda de peso. Níveis adequados de proteína na dieta servem para preservar ou mesmo aumentar a massa muscular magra.

Nutricionistas sugerem que um aumento da ingestão de leite e produtos lácteos em geral pode aumentar a massa muscular e a força durante os exercícios físicos em adultos jovens e também em pessoas mais velhas.

4. Pode ajudar no controle de peso e o combate à obesidade
Ao contrário do que já foi disseminado, consumir leite não engorda. Pesquisas recentes mostram que as pessoas que consomem leite e alimentos lácteos tendem a ser mais magras do que aqueles que os que não os consomem.

Estudos também demonstram que a restrição do consumo de leite e alimentos lácteos na intenção de diminuir a ingestão de calorias acaba causando um aumento de peso, particularmente na região do abdômen, área onde o excesso de gordura está associado a maiores riscos para a saúde.

Embora ainda não se tenha explicações precisas sobre a razão de tais resultados, acredita-se que o motivo seja o teor de cálcio encontrado em abundância no leite e seus derivados.

5. Pode reduzir o risco de diabetes tipo dois
Estudos sugerem que um dos benefícios do leite e de produtos lácteos com baixo teor de gordura pode ser ajudar a reduzir o risco de diabetes tipo dois, uma doença que já não está mais restrita somente aos adultos.

Um estudo comparativo recente envolvendo mais de 37 mil mulheres descobriu que entre aquelas com maior consumo de produtos lácteos, especialmente os de baixo teor de gordura, houve menor número de casos de diabetes tipo dois.

Da mesma forma, um estudo feito com homens em 2005 constatou um risco reduzido de diabetes tipo 2 associado ao aumento do consumo de leite desnatado, curiosamente, constatou-se um risco cada vez menor de acordo com o aumento da quantidade de lácteos consumido.

Pesquisadores acreditam que estes resultados se devem aos efeitos combinados de muitos nutrientes benéficos encontrados em alimentos lácteos, incluindo cálcio e de magnésio, ou ao fato de os alimentos lácteos terem um baixo índice glicémico, o que ajuda a controlar os níveis de açúcar no sangue.

Leia mais, acesse: Mundo Boa Forma.